blog

A participação da Eunos no Web Summit 2018 em Lisboa

Postado em 30 de novembro de 2018 | Inovação

Há algumas semanas nós contamos aqui no blog sobre as boas expectativas da Eunos Engenharia para apresentar o Gero Obras e participar de uma das conferências de tecnologias mais importantes do mundo, o Web Summit.

Realizado em Lisboa entre os dias 5 e 8 de novembro o evento reuniu grandes nomes do empreendedorismo e tecnologia e a Eunos trouxe bons aprendizados. Portugal mais uma vez mostrou que está preparado para ser referência para startups do mundo inteiro. Confira tudo que a Eunos e o Gero Obras viram por lá!

Balanço do evento e temas abordados

Logo de início, a presença massiva de empresas de todo o mundo e de muitas pessoas impressionou. Não houve a apresentação de nenhuma grande novidade tecnológica, nada disruptivo, mas sim de várias melhorias e novos usos para tecnologias já presentes. O evento se propõe a discutir os próximos passos em termos de tecnologia e esse foi realmente o foco.

O principais temas abordados foram Inteligência Artificial, Blockchain, Big Data, Machine Learning (Aprendizado de Máquina), IoT (Internet das Coisas), Reconhecimento Facial, Casas Inteligentes, Carros Autônomos, UX (Experiência do Usuário), Biochips, Drones e tudo aquilo que está relacionado ao futuro da tecnologia e seu impacto no mundo.

A importância da realização do Web Summit em Portugal

A capital portuguesa está se tornando um grande Hub de inovação graças a diversos fatores. Por ser uma cidade relativamente barata comparada a outras capitais europeias, com um clima ameno e muitos incentivos governamentais, Lisboa atrai cada vez mais empreendedores.

Portugal está focado e preparado para ser o Hub de inovação da Europa. Há muitos projetos, programas, espaços, empresas e tecnologias disponíveis para desenvolver startups. Existem vários programas de atração de empresas para Portugal, com linhas de financiamentos e subsídios para investir no país.

Segundo um artigo da Forbes, “a comunidade de startups de Lisboa está prosperando com o apoio saudável do governo português”. Nesse contexto, para as startups brasileiras que desejam se internacionalizar, Lisboa pode ser um excelente local para começar.

Aprendizados da Eunos com o evento

A necessidade de internacionalização imediata foi provavelmente o grande aprendizado da Eunos com a participação no Web Summit 2018. Apesar de estar em solo português, o ecossistema das startups de Lisboa fala inglês.

A Eunos entendeu que é preciso levar o Gero Obras para o mundo em que as startups que querem prosperar já precisam nascer em inglês. Estamos elaborando o projeto Lisboa 2019, que pretendemos que seja o passo decisivo para a internacionalização do Gero.

Os destaques do Web Summit na visão da Eunos

Para a Eunos, alguns itens que mais chamaram a atenção foram a grandiosidade do evento, a quantidade de grandes empresas expondo e a quantidade de startups presentes. De acordo com a organização do evento, foram:

  • 69.304 participantes;
  • 1.800+ startups;
  • Mais de 1.200 palestrantes internacionais;
  • 2.600 profissionais de mídia;
  • 159 países;
  • 24 palcos.

Os números mostram a importância de abrir os olhos para o mercado português como uma porta de entrada para a Europa e para o mundo.

Outro ponto a ser destacado é o tamanho do esforço do governo português em atrair empreendedores, que pode servir de espelho para o Brasil. Por fim, a Eunos também percebeu a completa falta de Construtechs, indicando que existe bastante espaço para empreendedores do setor que queiram se destacar.

O maior aprendizado talvez seja o de que tanto profissionais quanto empresas precisam pensar cada vez mais em um mundo globalizado completamente integrado. As fronteiras estão sendo quebradas pela tecnologia e a internacionalização é o único caminho.

Gostou do conteúdo e quer dividir com seus amigos? Compartilhe o texto nas suas redes sociais!