blog

O que é BIM e como ele contribui para a construção civil?

Postado em 05 de dezembro de 2018 | BIM, Eunos, Gero Obras, Inovação, Orçamento de obras, Otimização na obra

Se você trabalha em um canteiro de obras certamente já percebeu que ele não é o mesmo de alguns anos atrás. A tecnologia também chegou à construção civil e uma das grandes inovações do setor é o chamado BIM.

O BIM é a evolução da representação dos projetos e pode acabar com alguns dos maiores problemas enfrentados durante a execução de obras. Você ainda não sabe o que essas três letras significam e como o BIM está transformando a construção civil? Acompanhe até o fim para entender tudo!

O que é BIM?

A sigla vem do nome em inglês Building Information Modeling que é traduzido para o português como Modelagem da Informação da Construção. O grande diferencial do BIM em relação aos métodos de projeto comuns é que todas as informações estão reunidas em um só lugar e as pessoas envolvidas na obra podem ter os dados que precisam sempre à mão.

O BIM é uma representação do projeto da forma mais próxima da realidade possível. Em vez de usar plantas baixas, são usados modelos 3D. Os materiais são carregados diretamente no modelo e podem ser consultados e visualizados pelos profissionais.

Além do modelo, um sistema BIM ainda incorpora documentos, dados de custos, orçamento, cronograma e todos os detalhes do projeto. O BIM proporciona um acompanhamento de todas as fases e permite uma análise detalhada do projeto, trazendo benefícios para a construção civil.

Quais são as vantagens do BIM para a construção civil?

O setor de construção civil já desempenha um papel fundamental na economia brasileira, mas seus resultados poderiam ser ainda melhores. O setor é responsável por 24% das vagas de emprego no país, mas gera 6,2% do PIB. Com tecnologias como o BIM, a construção civil pode render ainda mais. Entenda algumas das vantagens do método!

Melhoria da comunicação e integração de toda a equipe

Quem nunca teve problemas de comunicação em uma obra? Provavelmente, não existe um profissional do setor que não tenha passado por dificuldades como ter projetos defasados no canteiro de obras ou precisar de um dado e não saber onde encontrar.

Ao migrar para o BIM, os problemas com a comunicação tendem a desaparecer, já que as modificações feitas e os dados inseridos ficam disponíveis em tempo real para todos os envolvidos.
Não apenas quem está no canteiro mas também os profissionais de compras, administrativo, fornecedores, clientes e todos os envolvidos podem ter acesso ao que está acontecendo na obra, fornecer documentos e visualizar dados do projeto. Com isso, o BIM promove uma verdadeira integração de toda a equipe e facilita o cumprimento do planejamento.

Mais agilidade na obra

Dificuldades de interpretação do projeto ou falta de uma informação também são situações recorrentes em uma obra e que acabam gerando os tão indesejados atrasos. As plantas baixas em 2D ainda costumam ser desconfortáveis para ver, estragam com facilidade e acabam causando demora na leitura.

Ao contrário, com o BIM os projetos podem ser vistos, editados e manipulados com facilidade, acabando com as dúvidas e os contratempos. Você ganhará agilidade e mais conveniência ao deixar de manusear diversos papéis por todo o canteiro.

Ganho em eficiência

Podendo visualizar dados com mais agilidade, se comunicar melhor e ainda controlar todas as variáveis do projeto, o resultado natural do BIM para a construção civil é a melhoria da eficiência.

A tecnologia BIM, quando bem empregada, permite que o gestor acompanhe de perto os gargalos do projeto e atue de forma assertiva para garantir a produtividade, a redução de custos e o cumprimento de orçamento e dos prazos. Quer mais eficiência para suas obras? A inovação com o BIM e outras tecnologias é o caminho ideal!

Por que a sua empresa precisa pensar em inovação?

Em um mercado concorrido e exigente como o da construção, nenhuma empresa pode ficar parada. O uso da tecnologia representa uma evolução e é capaz de trazer mais produtividade, redução de custos e maior controle nas obras.

Se a tecnologia e as ferramentas digitais já são importantes no canteiro de obras atualmente, elas devem se transformar em peças-chave nos próximos anos e deixarão de ser um diferencial para se tornar um item indispensável. Inovar é preciso para garantir a competitividade e a sobrevivência da sua empresa.

Gostou do conteúdo e quer dividir com seus amigos? Compartilhe o texto nas suas redes sociais!