blog

Quais são as consequências do atraso na obra?

Postado em 27 de setembro de 2018 | Eunos

Embora muito comum, o atraso na obra é um problema que pode e deve ser evitado. Geralmente as pessoas já começam a construção esperando que algo vai dar errado e a obra vai atrasar, mas não precisa ser assim.

Você provavelmente vai ouvir que obra é assim mesmo, que elas sempre atrasam e que construir é uma dor de cabeça. Porém, tenha cuidado com esse pensamento, pois esse senso comum de que obra é sempre problema é contra produtivo e impede muitas pessoas de mesmo tentar resolver essa questão.

Na verdade, atrasar uma obra tem consequências muito negativas e todo gestor deve trabalhar o seu planejamento para que os imprevistos sejam reduzidos e os atrasos na obra eliminados. Entenda mais sobre as consequências do atraso na obra!

Obra atrasada é uma grande frustração

Construir um imóvel é a realização de um sonho para muita gente. Pessoas e negócios que finalmente conseguem capital para construir a casa dos sonhos, expandir a empresa ou investir em algo novo começam a construir e têm grandes expectativas a respeito do empreendimento.

Muitos planos são feitos e os donos do imóvel em construção não veem a hora de pegar as chaves e começar logo essa nova fase. É nesse momento que o atraso na obra funciona como um verdadeiro balde de água fria.

O que era para ser um momento de felicidade se transforma em problema. Os planos precisam ser adiados, as contas têm que ser refeitas, e cada dia a mais na obra significa mais frustração para os donos do imóvel.

Nessa hora, todo o brilho do imóvel novo é ofuscado pela sensação de que tudo está dando errado. Além desses sentimentos, o atraso na obra também traz consequências mais práticas para os donos do imóvel e para os profissionais que constroem.

Atraso na obra gera impacto no orçamento

A primeira consequência prática é, obviamente, no orçamento. Cada dia a mais de obra significa mais salários que têm que ser pagos, mais gastos com aluguéis de equipamentos e assim por diante.

Se a família está morando de aluguel e vai se mudar para o imóvel novo, o atraso implica em manter o imóvel alugado por mais tempo. O mesmo vale para empresas que estão se expandindo e precisam do novo espaço. E todos esses custos extras para o cliente certamente terão impacto no relacionamento deles com o profissional responsável pela obra.

Obra atrasada impacta a imagem dos profissionais

Esse é um ponto que diz respeito aos profissionais envolvidos na obra. Se você é um engenheiro ou arquiteto gestor de obras, um empreendedor dono de uma construtora ou empreiteira, um mestre de obras ou qualquer outro profissional, saiba que o atraso na obra é um dos seus maiores inimigos.

Isso porque os clientes insatisfeitos com certeza farão propaganda negativa sobre você e dificilmente voltarão a contratar os seus serviços. O atraso na obra gera um enorme impacto na sua imagem e precisa ser evitado a todo custo.

O atraso na obra tem consequências jurídicas

Por fim, o atraso na obra ainda tem consequências jurídicas e pode se transformar em algo ainda mais problemático. Dependendo do que está previsto no contrato, os donos do imóvel podem tomar medidas legais que geram um desgaste enorme para quem está construindo.

Os atrasos na obra podem gerar multas, correções monetárias, taxas, indenizações etc. Enfim, essa é uma situação desagradável tanto para o contratante quanto para quem é responsável pela obra.

Depois de entender mais sobre as consequências do atraso na obra, você com certeza quer eliminar esses problemas da sua vida, não é mesmo? A boa notícia é que isso é perfeitamente possível.

Com planejamento e tecnologia, você pode eliminar todos esses problemas. Quer saber como? Então conheça agora mesmo o primeiro Engenheiro Digital do mundo e descubra como acabar com os atrasos na sua obra. Acesse gratuitamente o Gero Obras!