blog

Saiba como entregar sua obra no prazo e cumprindo orçamento

Postado em 26 de dezembro de 2018 | Eunos, Orçamento de obras, Otimizar orçamento na obra

Os atrasos e os estouros de orçamento durante a execução das obras são, sem dúvida, alguns dos principais fatores de prejuízo e perda de credibilidade por parte de construtoras e incorporadoras. O dinamismo do canteiro de obras torna o trabalho ali ocorrido bastante sujeito a imprevistos, fazendo da manutenção do cronograma físico-financeiro um dos principais desafios dos gestores de obras.

Afinal, gastos excedidos comprometem a saúde financeira das empresas e obras atrasadas geram desconfiança, arranhando a imagem de construtores e incorporadores perante o mercado. Evitar esses prejuízos começa com a fundamental preocupação com o planejamento, uma etapa nem sempre adequadamente tratada no início dos processos construtivos. Se você quer saber mais sobre os estragos provocados pelos atrasos e gastos excessivos, mantendo atitudes preventivas, esse texto vai ser esclarecedor.

Cronograma é para ser cumprido

Para entender o quanto é importante uma obra ser executada de acordo com a previsão de prazos, basta observar o dado divulgado pela Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências (AMSPA), com relação ao primeiro trimestre de 2017. Das 2888 queixas recebidas pela entidade, 15% diziam respeito ao não cumprimento do prazo de entrega por construtoras. É o que faz, também, com que haja uma certa desconfiança em se tratando da aquisição de imóveis na planta.

Comunicação ineficiente, problemas logísticos e de transporte, variações climáticas, descompromisso por parte dos fornecedores, mudanças não planejadas e muitas versões dos projetos são algumas das principais causas apontadas por especialistas para os atrasos nas obras. O fato é que, embora nem todos esses fatores possam ser previstos, muita dor de cabeça é evitada com um planejamento bem feito e uma liderança efetiva no canteiro, evitando retrabalho e baixa produtividade.

Prevenindo atrasos:

Se ligue nessas dicas e tenha muito mais garantia de que sua obra vai se realizar e ser concluída no prazo.

  • Os prazos e tarefas de cada membro da equipe devem estar claros e comunicados de forma objetiva e precisa;
  • Nesse sentido, crie e padronize canais eficientes de comunicação, aproveitando a tecnologia que estabelece conexões on-line e em tempo real, atacando os desencontros dos canteiros de obras;
  • Todo e qualquer processo precisa estar documentado;
  • Procure mapear a previsão do tempo antes e durante a obra e preveja atividades nas quais a equipe possa ser aproveitada, mesmo com tempo ruim;
  • Excessos devem ser evitados, nas diferentes frentes. Os processos devem estar na medida; o desperdício de materiais, que gira em torno de 30%, precisa ser evitado; os estoques exigem controle rigoroso; as equipes não podem estar esperando. Aliás, por falar em staff, levantamento da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) estima que 67% dos trabalhadores em canteiros realizem operações que não agregam valor à edificação. Esteja de olho nisso;
  • Liderança é primordial. É fundamental o olhar de um gestor atento ao planejamento, promovendo eficiência à entrada e saída de materiais e à movimentação das equipes, sem naturalizar atrasos, defeitos e falta de padrão.

E como manter os gastos na linha?

Quando falamos em extrapolar orçamento, vale a pena destacar que esses excessos, muitas vezes, são motivados pelos atrasos e suas causas, sobre as quais acabamos de falar. O que não se pode perder de vista, mais uma vez, é que a saúde financeira de uma obra começa no planejamento, com um acertado estudo de viabilidade econômica, que vai mostrar à construtora se há fôlego para a execução do projeto.

Por sinal, finanças e etapas da obra devem estar conectados do começo ao fim. Quando se planeja um cronograma, ele já deve prever que determinadas etapas se associem a momentos em o caixa dê suporte ao andamento da obra. Fluxo de caixa é outra palavra mágica para não se perder do orçamento. Ele deve ser acompanhado com rigor, permitindo que haja ajustes e novas definições, para que tudo transcorra como o esperado.

Para manter o orçamento

  • Seja realista e sério no estudo de viabilidade financeira;
  • Se empenhe nos orçamentos, para conseguir melhores preços;
  • O mesmo vale para as condições de pagamento, que precisam estar adequadas ao seu planejamento;
  • Aproveite descontos e melhores possibilidades conseguidas com parceiros;
  • Mantenha um controlado e documentado fluxo de caixa;
  • Esteja atento e tenha uma visão gerenciadora, que encontre soluções econômicas para imprevistos ou momentos em que seja necessário driblar dificuldades ou problemas pontuais.

O trabalho de inteligência de obra realizado pela Eunos tem foco, justamente, na aplicação desses quesitos que garantem cumprimento de prazo e orçamento. Atuamos no planejamento e realização de obras, a partir de uma visão inovadora, propondo um novo jeito de pensar soluções.

Vale a pena conhecer, por exemplo, o Gero Obras, o primeiro engenheiro digital do Brasil, que faz parte do time Eunos. É uma plataforma on-line de soluções em engenharia que coloca a construção civil brasileira na era da computação cognitiva machine learning. Acesse www.geroobras.com.br e saiba mais sobre essa poderosa ferramenta!